TOPO
EMBOLIA CUTIS MEDICAMENTOSA (SINDROME DE NICOLAU) – ASPECTOS ANGIOLÓGICOS DE INTERESSE EM PERÍCIA MÉDICA – Perspectivas
fade
3727
single,single-post,postid-3727,single-format-standard,eltd-core-1.0,perspectivas alto grau-ver-1.0,,eltd-smooth-page-transitions,ajax,eltd-grid-1300,eltd-blog-installed,page-template-blog-standard,eltd-header-vertical,eltd-sticky-header-on-scroll-up,eltd-default-mobile-header,eltd-sticky-up-mobile-header,eltd-dropdown-default,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive

EMBOLIA CUTIS MEDICAMENTOSA (SINDROME DE NICOLAU) – ASPECTOS ANGIOLÓGICOS DE INTERESSE EM PERÍCIA MÉDICA

Carlos Alberto Araújo Chagas et al.

Carlos Alberto Araújo Chagas (1),

Túlio Fabiano de Oliveira Leite (2),

Lucas Alves Sarmento Pires (3),

Luciana de Oliveira Marques Teixeira (4),

(1) Líder de Grupo de Pesquisa Estudos Avançados em Ciências Médicas CNPq,
Professor Adjunto Universidade Federal Fluminense RJ, Professor Convidado Pósgraduação Latu-senso Angiologia da PUC-RJ – Pontifícia Universidade Católica do
Rio de Janeiro, Professor Convidado Pós-graduação Latu-senso Angiologia
IPGMCC – Instituto de Pós-graduação Médica Carlos Chagas RJ, Chefe de Clínica
Serviço de Angiologia SCM-RJ – Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro,
Staff Concursado Serviço de Angiologia Município do Rio de Janeiro, Médico Perito
TRT – Tribunal Regional do Trabalho 1ª Região RJ, Médico Perito TJ – Tribunal de
Justiça Estado Rio de Janeiro, Médico Perito JEF – Juizados Especiais Federais RJ,
Médico Perito 1º Secretário da ABMLPM-RJ – Associação Brasileira de Medicina
Legal e Perícia Médica Regional Rio de Janeiro 2015/2016, chagas@vm.uff.br

(2) Membro do Grupo de Pesquisa Estudos Avançados em Ciências Médicas CNPq,
Cirurgião Vascular, Residente de Radiologia Intervencionista e Cirurgia
Endovascular, Departamento de Radiologia, Universidade de São Paulo, São Paulo,
Brasil, tuliofabiano@hotmail.com.

(3) Membro do Grupo de Pesquisa Estudos Avançados em Ciências Médicas CNPq
Departamento de Morfologia, Universidade Federal Fluminense, Rio de Janeiro,
Brasil, lucaspires@id.uff.br.9(

(4) Membro do Grupo de Pesquisa Estudos Avançados em Ciências Médicas CNPq
Departamento de Morfologia, Universidade Federal Fluminense, Rio de Janeiro,
Brasil, lucianamarquest@hotmail.com.

INTRODUÇÃO: Embolia cútis medicamentosa é um evento adverso raro que decorre da administração de medicamento por injeção intramuscular, intra-articular ou subcutânea. Foi descrita por Nicolau após injeções intramusculares de sal de bismuto para o tratamento de sífilis. A síndrome de Nicolau – um de seus outros
nomes – é incomum, mas seus sintomas são devastadores. O objetivo deste trabalho é discutir os aspectos de interesse pericial para casos deste tipo, incluindo apresentação de 33 casos do Grupo de Pesquisa.

METODOLOGIA: Relatamos o histórico da doença com os achados clínicos de 33 casos com repercussões locais e
a distância do local de aplicação de injeção em membro superior e em membro inferior após uso bismuto oleoso, penicilina benzatina e anti-inflamatório não hormonais.

MARCO CONCEITUAL: A fisiopatologia da síndrome não tem mecanismo fisiopatológico único, se apresenta com vários sinais e sintomas e quadros clínicos diferentes, porém com fatos comuns a todos eles sobressaindo um
fator etiopatogênico específico. Esta forma de acidente parece ser ocasionada: 1) pela entrada fortuita da substância oleosa na luz da(s) artéria(s), com oclusão arteríolo-arterial e bloqueio da circulação sanguínea a jusante (embolia cútis medicamentosa) e 2) pelo fluir da substância oleosa nas artérias contracorrente, ate troncos arteriais da extremidade e ocluir os vasos distais (isquemia embólica) Drogas como penicilina benzatina, anti-inflamatórios não esteróides, lidocaína, fenobarbitol, interferon alfa, prednisolona, e até vacinas já foram relatadas na literatura associadas ao surgimento da síndrome de Nicolau.

RESULTADOS: São apresentados os achados de 33 casos incluindo 32 membros superiores por acidente ocorrido após injeção em músculo deltoide em membro superior com efeitos locais e a distância, incluindo amputações e dois casos em membros inferiores com formação de úlcera de grande proporção com sucesso de tratamento.

CONSIDERAÇÕES FINAIS: Em nosso meio, acidentes por punção e ou injeções são comuns na prática clínica. O conhecimento da doença com sua etiopatogenia e fisiopatologia permite o entendimento de suas repercussões e implicações periciais para valoração do dano e estabelecimento de nexo técnico causal, de forma a permitir a participação segura do perito médico na apreciação judicial de casos envolvendo a doença.

 

REFERENCIAS:

CHAGAS, Carlos Alberto Araujo; LEITE, Tulio Fabiano de Oliveira; PIRES, Lucas Alves Sarmento. Post-injection embolia cutis medicamentosa – Nicolau Syndrome: case report and literature review. Jornal Vascular Brasileiro, v. 15, n. 1, p. 70-73, Mar. 2016.
DUQUE, Fernando Luis Vieira; CHAGAS, Carlos Alberto Araujo. Acidente por injeção medicamentosa no músculo deltoide: lesões locais e à distância, revisão de 32 casos. Jornal Vascular Brasileiro, v. 8, n. 3, p. 238-246, Sept. 2009.

Carlos Alberto Araújo Chagas et al.


ABMLPM - Associação Brasileira de Medicina Legal e Perícias Médicas - afiliada à AMB
Escritório Administrativo - Av. Brigadeiro Luiz Antonio, 278 – 7º andar – Bela Vista
São Paulo – SP – CEP: 01318-901
Fone: (11) 3101-5994 / Celular: (11) 9.7403-4818 (operadora Vivo)

O conteúdo deste site não pode ser reproduzido sem permissão.