TOPO
ATIVIDADE PERICIAL RELACIONADA À FATORES DE RISCO PARA DOENÇAS CARDIOVASCULARES EM PERITOS DO CPC RENATO CHAVES EM BELÉM DO PARÁ - Perspectivas em Medicina Legal e Perícias Médicas
fade
5066
post-template-default,single,single-post,postid-5066,single-format-standard,eltd-core-1.0,perspectivas alto grau-ver-1.0,,eltd-smooth-page-transitions,ajax,eltd-grid-1300,eltd-blog-installed,page-template-blog-standard,eltd-header-vertical,eltd-sticky-header-on-scroll-up,eltd-default-mobile-header,eltd-sticky-up-mobile-header,eltd-dropdown-default,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive

Translate this post to:

ATIVIDADE PERICIAL RELACIONADA À FATORES DE RISCO PARA DOENÇAS CARDIOVASCULARES EM PERITOS DO CPC RENATO CHAVES EM BELÉM DO PARÁ

Luís Basílio Bouzas Nunez Júnior1; Ana Laura Pinto Soares2; Laurivaldo Pinto Soares2; Daniel Pinto Soares2; Raimundo Pinto Soares2.

  1. Professor Especialista Universidade Federal do Pará, pós-graduando em cardiologia e Perito do Instituto Médico Legal Renato Chaves. E-mail:bouzaslbn@gmail.com.
  2. Acadêmico de Medicina da Universidade Federal do Pará.

 

 

RESUMO 

Introdução: As doenças cardiovasculares são a principal causa de morte no mundo, e no Brasil representam cerca de 30% dos óbitos. Mais pessoas morrem anualmente por essas doenças do que por qualquer outra causa (ROCHA & MARTINS, 2017). Um aspecto fundamental a ser considerado e implementado, é que a maioria das doenças cardiovasculares (DCV) pode ser prevenida nas populações, por meio da abordagem de fatores de risco comportamentais. Objetivo: Relacionar a execução da atividade pericial com o aumento dos fatores de risco que predisponham ao desenvolvimento de DCV. Metodologia: Pesquisa exploratória, desenvolvida com 21 peritos, realizada por meio de reuniões no IML do Município de Belém com palestras informativas sequenciais demonstrando os principais fatores modificáveis e não modificáveis para doenças cardiovasculares e aplicação de questionário para verificação de indivíduos com dislipidemias, Hipertensão Arterial e Diabetes Mellitus. Marco Conceitual: o perito, na execução de sua atividade profissional, está em constante situação de estresse, sendo esse um dos principais fatores modificáveis envolvidos na etiologia das DCV, e por Belém ser considerada  a décima cidade mais violenta do mundo, com base no número dos homicídios dolosos registrados nos órgãos oficiais de segurança (ONG SEGURIDAD, JUSTICIA Y PAZ, 2018), esses profissionais são sobrecarregadas psicologicamente, o que pode aumentar os níveis pressóricos, o estresse e agravar problemas de saúde . Resultados: A maioria dos indivíduos era do sexo masculino (61,9%), com idade entre 30 e 74 anos, da cor parda (80,9%). A prevalência de doenças cardiovasculares foi de 57%, sendo as mais predominantes as dislipidemias 42,8%, HAS 19%, HAS associada a dislipidemias 9,5% e DM 4,7%. Conclusões: Os resultados revelaram que a maioria dos peritos participantes do estudo apresentam alguns fatores de risco, como a hipertensão arterial, dislipidemias, diabetes, estresse entre outros. Devido a isto, foi trabalhada a prevenção, visando à modificação de alguns hábitos de vida, com a finalidade de retardar e/ou reduzir a incidência destas doenças.



  1. Las 50 Ciudades Más Violentas del Mundo 2017 + Metodología. Disponível em:<https://www.seguridadjusticiaypaz.org.mx/> Acesso em: 20 de agosto de 2018.
  2. ROCHA, R.M.; MARTINS, W.A.; Manual de prevenção cardiovascular .-1. ed. — São Paulo: Planmark; Rio de Janeiro: SOCERJ – Sociedade de Cardiologia do Estado do Rio de Janeiro, 2017.
Luís Basílio Bouzas Nunez Jr.

Avatar
Ana Laura Pinto Soares

Avatar
Laurivaldo Pinto Soares

Avatar
Daniel Pinto Soares

Avatar
Raimundo Pinto Soares

Avatar


ABMLPM - Associação Brasileira de Medicina Legal e Perícias Médicas - afiliada à AMB
Escritório Administrativo - Av. Brigadeiro Luiz Antonio, 278 – 7º andar – Bela Vista
São Paulo – SP – CEP: 01318-901
Fone: (11) 3101-5994 / Celular: (11) 9.7403-4818 (operadora Vivo)

1279